Uniformes e Tendências

Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background


Uniforme certo para cozinha e chefes

Uniforme certo para cozinha e chefes. Os uniformes profissionais não têm apenas a função de padronizar e identificar funcionários, mas também de protegê-los. No caso de funcionários de uma cozinha ou restaurante, por exemplo, o uniforme (quando bem higienizado) ajuda a evitar a contaminação de alimentos e bebidas preparados no local.

As roupas devem ser sempre de cor clara, de forma que seja possível identificar com facilidade a presença de manchas ou indicativos de que é hora de lavá-las.

Até mesmo o tecido do uniforme faz diferença, segundo recomendações da Associação Brasileira das Empresas de Refeições Coletivas (Aberc). Os aventais devem ser de algodão natural e poliéster, pois são mais leves e permitem tanto a ventilação quanto a absorção do suor. Assim, essa mistura de tecidos é confortável, fácil de usar e não desgasta com facilidade: tudo o que é preciso em um uniforme. Além disso, o poliéster é o tecido mais indicado para a não contaminação, já que por ser liso as bactérias não aderem a ele.

Independentemente da sujeira aparente, os uniformes devem ser trocados diariamente devido ao suor absorvido. O tecido deve ser bem lavado e passado para que todas as possíveis bactérias sejam eliminadas. Para o trabalho em cozinhas recomenda-se ainda o uso de um avental plástico em cima do uniforme, aumentando a proteção contra contaminação.

Nesses ambientes os calçados também ganham destaque e devem ser totalmente fechados, impermeáveis e com solas que não derrapem – é comum o piso estar molhado para higienização ou devido a algum acidente com líquidos.



Artigos Relacionados

SaaS | Sistema ERP | Software CRM | Marketing Digital | Sites | Hospedagem